As Fabricas Ford na era dos Fordinhos 1928 à 31
 
 
AS FÁBRICAS DA FORD NA ERA DOS FORDINHOS ( 1.928 À 1.931 )

 

 

Para você, que pensa que as Fábricas de Automóveis,  ou melhor,  as Montadoras do nosso tempo são enormes e muito produtivas, veja este fantástico relato sobre a realidade do Império da  FORD no final da década de 20.  Você , certamente, ficará atônito com as informações que receberá, sobre o tamanho, a capacidade de produção, a tecnologia da época, os itens fabricados e a auto-suficiência das Fábricas da  FORD MOTOR COMPANY.

A  FORD empregava em 1.929,  200.000  funcionários nos Estados Unidos e mais 15.000 em diversos países,  sem contar com os 11.000 da FORD Canadá. Eram 35 Fábricas espalhadas no território Americano e mais 21 Fábricas e Companhias Associadas em diferentes países do Mundo.


Sómente nos Estados Unidos, a  Ford  mantinha 9.500  Revendas e Serviços Autorizados.  As escolas da  FORD treinaram e graduaram 22.800 mecanicos, 17.734 vendedores,  5.877 Revendedores e 1.334  mecanicos de donos de frota.

A Companhia tinha a capacidade produtiva de 2.000.000 de carros e caminhões por ano.  O Modelo A,  foi introduzido em 2 de Dezembro de 1.927 e,  em Janeiro de 1.930,  já tinham sido produzidas 3.000.000 de unidades, sendo que seu antecessor, o Modelo T, alcançou a incrível marca de 15.000.000 de unidades.

                                      
 
Por muitos anos , as atividades da FORD  foram centralizadas perto de Detroit , Michigan,  em Highland Park,  onde ocupava uma Fábrica de 1.125 km².   Esta enorme unidade era chamada de " O berço das Industrias FORD ” . 
 
 Fábrica em Highland Park
 
Na Cidade  de Detroit, estava localizada, também, a Fábrica da Lincoln, divisão da FORD, que fabricava os luxuosos modelos desta Marca ( 10.500 unidades/ano ).  Em Dearborn, estavam instalados o Escritório Central, O Instituto de Tecnologia Edison, os Laboratórios Experimentais da FORD, assim como, o Aeroporto e a Fábrica de aviões.  A Fábrica de tratores " Fordson ”, era localizada na Cidade de Cork, na Irlanda e produzia 90.000  tratores por ano.
 

   Fabrica da Lincoln
 Escritorio Central - 1928

     Os Laboratorios
                                                                               clique nas fotos para ampliar
    
     Entre as propriedades da FORD,  na época, além das Fábricas , podemos citar :                        
  

--  Minas de carvão com capacidade de 11.800 toneladas / dia.

--  Vagões para transporte de carvão --  1.000 unidades.

--  Minas de minério de ferro com capacidade de 450 toneladas / dia       

--  8 navios para transporte de minério e produtos diversos.

--  Alto-Fornos com capacidade de 1.200 toneladas de Ferro por dia

--  99 Navios usados como sucata para abastecer os Alto-Fornos.

--  Maior Fundição do Mundo  -- Fábrica do Rouge – Detroit.

--  Usinas Hidro-Elétricas  --  8 unidades.

--  Usinas Siderúrgicas  com capacidade de 26.000 toneladas de aço por mês.

--  Forjas de aço -  100 unidades  ( em Highland  Park – a maior do Mundo )

--  Industria Madeireira --   2.023.435 km² de reservas de madeira.

--  Fabrica de Cimento Portland,  com capacidade de 2.500 barris / dia.

--  Fabrica de Vidros ( 3 unidades ) capacidade de 1.858.060 m²  por ano.

--  Fabricas de Fios – capacidade de produzir  13.607 kgs por dia.

--  Fabrica de Tintas – uma das mais modernas do Mundo e a 2ª maior dos USA.cc

--  Fabrica de papel reciclado -  Unidade do  Rouge.

--  Fabrica de pneus – Unidade do Rouge.

--  Hospital  -  Detroit

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Hospital em Detroit 1915

 

Porém, vamos falar agora sobre a maior Fabrica de automóveis do Mundo, cujos números, continuam imbatíveis até os dias de hoje.  Trata-se da Lendária Fabrica FORD do Rio Rouge,  ou mais conhecida como  Rouge Complex.
Esta gigantesca unidade começou a ser construída em 1.917 em um terreno de 2,4 km  de largura por 1,6 km de comprimento, localizado na Cidade de Detroit – Michigan  , ao longo do Rio Rouge.
 
Complexo do Rouge em
construção -  1.917

  Henry e Edsel Ford
  estudam o projeto
Os Fords visitam a obra
 
Seus primeiros produtos não foram automóveis e sim, barcos de guerra anti-submarinos ( Eagle Boats ), encomendados pela Marinha Americana, para serem usados na  1ª Guerra Mundial .  Em 1.921, o primeiro trator produzido em massa, o Fordson,  teve sua produção transferida da Fabrica de Dearborn  para o Rouge.


  
  Barco de Guerra
  Anti-submarino

   Construção do Eagle Boat
                 

 Fordson, primeiro trator
produzido em massa

Em 1.926 a Fabrica do Rouge  já produzia todos os componentes do Modelo T,  embora sua montagem ainda fosse  na unidade de  Highland Park .

Em 1.928 o Complexo do Rouge estava totalmente pronto     Em 1.929,  este " mamute " das Industrias FORD,  considerado até hoje, a maior unidade industrial do Mundo , mantinha em suas dependências :

 
                                                                     
Rouge em operação

A Maior Industria do Mundo                                  
                                                                                               clique nas fotos para ampliar
 
--  100.000  trabalhadores empregados em todo seu complexo.

--  93 prédios construídos, totalizando 31,5 km²  de área construída.

--  160 quilometros de estrada de ferro interna,  para suas 16 locomotivas.

--  193 quilometros de correias transportadoras de materiais.

Trabalhadores no Complexo

193 km de correias       
transportadoras

--  24 quilometros de ruas pavimentadas  para sua frota de ônibus.

--  Usina de força própria, que consumia 2.200 toneladas de carvão por dia e gerava  2.500.000 quilowats / dia.

--  1.000 caminhões Ford, que traziam carvão para a Fabrica.

--  Alto-fornos que produziam 1.200 toneladas de ferro por dia.

--  Fundição que ocupava uma área de 121.406 m²,  que recebia o ferro líquido diretamente  dos fornos e os colocava em 
    moldes  para transforma-lo em blocos de motores, cilindros, coletores, escapamentos e outras peças diversas.
 
                          
    Auto-Forno
             
       Auto-Fornos
Fundição - Todos os Motores
dos Fordinhos eram feitos aqui
 
--  240 fornos de carvão, que produziam  17.655.000 m³  de gás,  151.500 litros de piche,  49.895 kgs. de sulfato de amônia e 
    45.454 litros de óleo leve e refinado à cada 24 horas.

--  Fabrica de cimento Portland , com produção diária de 2.500 barris.

--  Fabrica de vidros com capacidade anual de 929.000 m²  de vidro de segurança, que era equipamento padrão de todos os
     veículos FORD.
--  Usina de aço e Laminação.  A FORD tinha o total controle da fabricação do aço necessário em 2 imensos prédios :  O dos
     fornos com 72 x 325 m. e a laminação com 140 x 457 m.  Os  lingotes produzidos  nos alto-fornos  eram transformados em
     barras de diversos tamanhos.  A laminação tinha a capacidade de processar 26.000 toneladas de aço por mês.
 
          
Detalhe da Usina de Aço
Acearia
    Laminação de Aço
 
--  Estamparia – Com seus  36.421 m² de área, tinha 1.300 prensas operando todos os dias. Algumas operavam com força
     superior a 30 toneladas.  10.000 homens eram empregados neste setor,  sendo que 1.200 destes,  faziam a manutenção.
 
Estamparia - Prensa
  para Para-lamas
 
Conjuntos de Prensas
          Estamparia
A Maior Prensa do Mundo
 
--  Fabrica de papel reciclado - Todo o papel usado no Complexo era recolhido, processado e transformado em 
     papel novamente 

--  Manufatura de arame – Eram produzidos por dia 13.607 kgs de arame de cobre de várias  espessuras.

--  Ferramentaria – Os engenheiros da FORD desenhavam constantemente as máquinas e ferramentais necessários e 6.000
     operários as construíam e  reconstruíam, de acordo com as necessidades.
--  Fabrica de tintas – Era uma das mais modernas do Mundo e a 2ª  maior do País, na fabricação de laca.  Produzia toda
     a tinta, verniz e esmalte usados para os carros e também,  para os prédios, maquinaria e equipamentos da FORD.

--  Fabrica de pneus.

 

 O Complexo Rouge fabricava todas as partes dos veículos à serem montados, por exemplo : carrocerias,  chassis, motores, transmissões, radiadores, tanques, rodas, volantes, tapeçaria, madeiramentos, além de peças plásticas à partir de soja.
 

Carrocerias

Motores para pintura

Fabricação de Blocos

Fabricação de Cilindros

Fabricaçãos de Pistões

Virabrequins

Clique nas fotos para ampliar

Montagem de Motores

Montagem de motores

Selamento radiadores

Estoque de paralamas
Cabeçotes

Tapeçaria

 

Esta versátil  Industria, tinha depósitos com capacidade combinada para mais de 2 milhões de toneladas de minério de ferro, carvão e pedra calcárea.  Operava junto a um Porto com  1,6 kms  de docas e era suprida por navios pertencentes à FORD.
 
Depósito de materiais diversos

Porto com 1,6 kms. de docas
      Navios Ford
 
Era uma Cidade sem moradores, e , para acomodar todas estas pessoas, tinha linhas de ônibus, Corpo de Bombeiros, Departamento de Polícia, Hospital e uma equipe de manutenção de 5.000 homens, que consumia 3.500 esfregões por mês.
A linha de produção trabalhava como um relógio e finalizava um automóvel à cada 49 segundos.                                  
 
                                                                                       Clique nas fotos para ampliar

 
A Ford Motors Company era proprietária de várias minas de ferro nos Estados Unidos, incluindo a Imperial Mine,
em Michigan, que produzia 450 toneladas de minério de ferro por dia para a Fundição.    
 
Para a produção de ferro , era necessário também o carvão para os fornos e, desta maneira, a FORD comprou e reuniu 4 enormes minas de carvão e fundou a  Fordson Coal Company Inc, que produzia em média, 11.800 toneladas por dia.  Para transportar todo este carvão, a FORD comprou 1.000 vagonetes, que seguiam das minas para o Rouge.

Vagoes  p/ transporte carvão
    
Em 1.929, a FORD consumia por dia 305.000 metros de tábuas de madeira por dia e,  para evitar a escassez do material no mercado, adquiriu uma propriedade com mais de 2.000 kms²  de madeira em Michigan e,  posteriormente construiu serrarias, armazéns e fabricas de artefatos de madeira.
 

A FORD comprou e operou também, uma enorme plantação de borracha ( seringueiras ) no Brasil.

 
O sonho de HENRY FORD estava realizado :  Construir uma fabrica auto-suficiente, onde as matérias-primas entravam por um lado e os carros e caminhões, saíssem  prontos do outro lado, estando todo o processo de fabricação, sob seu estrito controle.
 

Para coroar sua genialidade, os números das vendas de automóveis e caminhões  de todas as fábricas FORD em 1.929, falam por si mesmos :

 

Vendas totais de carros de passeio nos Estados Unidos 1.929

 

FORD          ------      1.310.147  unidades

 

Chevrolet    ------        780.014   unidades

     

 

Vendas totais de veículos comerciais nos Estados Unidos 1.929

 

FORD          ------      223.425   unidades

 

Chevrolet    ------      160.959   unidades

 

Destacamos ainda que, até o ano de 2.009, o ranking mundial de produção do mesmo modelo de carro, no período de um ano, ainda aponta como Vencedor, o FORD Modelo A,  com 1.080.000 unidades,  sendo seguido pelo Modelo T,  com 868.421 unidades produzidas.

 

 
                                                                         Relação das Fábricas da Ford nos Estados Unidos
 
 
 
 Vejam abaixo, fotos de algumas das Fabricas relacionadas acima.
04- Chester Pennsylvania
07- Clelevand - Ohio
15 - Jacksonville - Florida
17- Kearny - California
18- Long Beach - California
                                               Clique nas fotos para ampliar
 
19-Los Angeles - California
27- Pittsburg-Pennsylvania
29- Richmond - California
30- Detroit - ( Rouge)
35- Twin City
 
 
 
Henry Fordo genio da industria automobilista. 
O homem que colocou a América e o Mundo sobre rodas , com a criação da " linha de montagem ."
Responsável por possibilitar o acesso de tôdos ao automóvel,  graças à incrível redução no custo de sua fabricação.  
Fundador do maior Complexo Industrial do Mundo
Registrou nada menos que 161 Patentes nos Estados Unidos.      
Um homem com pensamentos muito à frente de seu tempo e com um dinamismo ímpar para o trabalho.
Eleito "  O empreendedor  do século ".
 

 

Bibliografia :
 
" Um Século de Ford "  -   Russ Banham - Tehabi Books
" Matchless Model A "  -   Ford Motor Co - Lincoln Publishing
" Model A/AA Ford Truck Owner " -  A. G. McMillan - Lincoln Publishing
" Os Princípios da Prosperidade " -   Henry Ford - Livraria Freitas Nobre
" The Life of Henry Ford "  -   www.hfmgv.org
" History of the Rouge "  -    www.thehenryford.org/rouge
" Ford River Rouge Complex "  -    www.nps.gov/history
Texto, tradução e diagramação  --   Antonio Augusto Geraldini
 
Suporte Técnico  --  Ronnie Moreno Hidaldo
 
Tecnologia -   Site Inteligente,si  --   versão 5.628 ( TM )
 
Clube do Fordinho Brasil ( TM )  --  direitos reservados

  
 
Tecnologia Site Inteligente Home : Contato : Mapa do Site