Histórico da Ford Brasil

     Linha  do  Tempo

  
 
 
 
1.919 -
 
 
 
• A Ford Americana aprovou a criação da filial Brasileira, destinando para tanto  um  capital inicial de 25 mil dólares, que seriam tranferidos da filial da Argentina.  Foram enviados ao Brasil,  E.A. Evans e Benjamim Kopf para estabelecer a nova filial.  Evans deu início às operações  em 24 /4/ 1.919 com apenas 12 funcionários, num depósito de 2 andares na R. Florencio de Abreu,  no centro de S. Paulo, onde se iníciou a montagem de automóveis
Modelo T e os caminhões Ford TT.  Foi o primeiro fabricante de automóveis
à se estabelecer no Brasil.  No 1º ano das  operações no Brasil,  foram
vendidos 2.447 automóveis. 
 
   
1.920 - • As instalações da fábrica foram transferidas p/ um ringue de patinação na Pça. da República-SP. 
• Neste ano foram vendidos mais de 4.000 unidades.
  
1.921 -
• Inaugurada a sede própria da Ford do Brasil na R. Solon, no bairro do Bom Retiro - SP  em  um  prédio especialmente 
construído  para funcionar  como  linha  de montagem,  tendo como engenheiro responsável pela obra o Sr.  B.  R. Brown,  que havia supervisionado também a construção da fábrica americana de Highland Park.
O gerente da filial era o dinamarques Kristian Orberg que se manteria no posto até 1.953

 

1.923 -

• A  fábrica  contava  com  124  funcionários  e  tinha  capacidade  de  produção  anual de 4.700  carros (40 por dia ) e 360 tratores. 

 
 
1.924 -
 
• As vendas do Modelo T foram de 24.250,   recorde brasileiro até 1.960,  quando foi introduzido o Corcel.  Neste ano,  a Ford montou a 1ª Exposição de automóveis do Brasil,  em S. Paulo, no Palácio das Indústrias entre 4 e 12 de Outubro.
 
   
1.925 - • São inaugurados um escritório e linha de produção em Recife, à  R. Padre Muniz, 343.
  
1.926 - • A cidade de Porto Alegre-RS,  recebeu sua linha de montagem da Ford, na  R. 7 de Setembro, 14.
  
1.927 -
• Trouxe a inauguração do Centro de treinamento de Serviços da Ford em S. Paulo, iniciativa
pioneira no país para a formação de mecânicos especializados. 
• No Rio de Janeiro inicia-se uma nova linha de montagem, na Av. Graça Aranha, 333. 
• No mesmo ano foram adquiridos novos terrenos no bairro do Ipiranga-SP,  com vistas à futura expansão. 
• Por causa da recessão econômica da década de 30,  são desativadas as fábricas de Recife,  Porto Alegre e Rio de Janeiro e a produção do Modelo T  foi interrompida em todo o mundo para receber o inovador Modelo A,  com seu motor de 4 cilindros e 40 HP, proporcionando novos níveis de desempenho e imensa durabilidade.  Um dos veículos de melhor relação custo-benefício da história do automóvel e um dos modelos antigos de maior índice de sobrevivência. O popular "Fordinho"  no Brasil,  substituiu o Modelo T e trouxe novos recordes de vendas.
 
  
  
1.929 - • O Modelo A era o  automóvel mais vendido no Brasil. 
 
1.932 -
 
 
 
 
• É anunciado o revolucionário motor Ford V8 - 3,65 L e  65 HP.
                                                            
   
 
1.942 à 1.944 - • Apesar da recessão ocasionada pela  2ª Guerra Mundial,  a Ford Brasil prosseguiu com a
montagem de carros em pequena escala,  adaptando-se ao sistema de  gasogenio, devido ao racionamento de gasolina.
 
  
1.945 -
• Após a semi-paralização da montagem de veículos durante a guerra,  reinicia-se  lentamente no
Brasil a montagem de veículos,  para um público ávido por  novidades.  Contando com a boa situação de divisas em 1.946,  o governo Dutra retoma a importação  de veículos em grande volume.
• Os automóveis Ford, Mercury e Lincoln,  marcam a preferência dos brasileiros por sua extrema 
resistência, apesar dos modelos Europeus serem mais acessíveis em preços.
 
1.951 - • As importações atingiram novo recorde. O Ford e o Mercury marcaram época pelo seu  conforto, 
desempenho e confiabilidade.
  
                     Ford                               Mercury                                        
  
  
1.953 -
• Trouxe a criação da nova fábrica no Ipiranga-SP,  onde eram montados automóveis da Ford
americana e européia, tratores e chassis de ônibus.  O Gerente-geral era o brasileiro Humberto Monteiro,  um grande entusiasta da produção nacional de  veículos.

 
1.954 -

 
• A Ford Brasil, participou das comemorações do 4º Centenário da cidade
de S. Paulo e  apresentou no stand no Parque do Ibirapuera o novíssimo modelo do  Thunderbird,  um clássico americano.

 

1.955 -
Iniciada a estampagem das corrocerias da linha F.  O programa de nacionalização da produção nBrasil  dá seus pioneiros passos ao serem produzidas as primeiras cabines de Pick-ups e caminhões com aço de Volta Redonda.
No final da década de 50, na  esteira  do otimismo e nacionalismo desenvolvimentista do governo de Juscelino Kubitschek,  encerra-se a montagem de automóveis importados pela Ford Brasileira e inicia-se a total nacionalização da produção de automóveis e caminhões.

 
1.958 - O Presidente Juscelino inaugurou a nova fábrica de motores V8,  dentro do complexo industrial do
Ipiranga.  Este motor era conhecido como Power King, com bloco em "Y" e desenvolvia 161 hps.  
Henry Ford II visita o Brasil pela primeira vez.
 
1.959 - Foi apresentado o primeiro caminhão Ford Brasileiro, o F-350, com motor V8 e 2.670 Kgs de capacidade de carga.
 
1.960 - Sai da linha de produção nacional o primeiro trator Ford, o 8 Br Diesel.
 
1.961 - A Ford apresentou o 1º caminhão com motor diesel, era o F-600.
  
1.962 - 
Lançada a nova linha de Pick-ups e caminhões super Ford.  
É produzido no Brasil o  Ford de nº 75.000 ( 1 Pick-up F-1000).
 
1.964 -
 
 
 
 A Ford Americana lançou o Mustang, que seria no Brasil, o
    carro importado  mais vendido da década.
  
 
1.967 -
Em 2 de Abril  a Ford Brasil lançou seu primeiro automóvel brasileiro, o Ford Galaxie 500, com motor V8 de 4,5 litros,  170 hp.  Era o 1º automóvel moderno feito no Brasil.
Em Outubro deste ano a Ford adquiriu o controle acionário da Willys-Overland do Brasil,  fábrica situada
em São Bernardo do Campo - SP, que produzia os modelos Jeep, Rural, Pick-up, 
Aero Willis,  Itamaraty,  Gordini e  Interlagos.
  
                      
                                    
 
1.969 -
É trazido a público o "Ford Corcel", veículo médio, derivado do "Projeto-M" da Willys que recebeu centenas de aperfeiçoamentos.  É até hoje o automóvel de maior produção na história da Ford Brasil. 
Foi apresentado também o "LTD" (fabricação limitada),  versão mais luxuosa do Galaxie,  para o ano de 1970. Vinha com motor
de 190 hp e foi o 1º veículo nacional c/ transmissão automática.
Criado em Rudge-Ramos - S. B.Campo - SP  o centro de pesquisas da Ford . 
  
                                                
  
1.970 -
A Ford oferecia ao público a versão ultra-luxuosa da linha Galaxie para 1971,  o Landau,  com
motores de 6 cc em linha ou V8.
Assume a presidência da Ford Brasil,  Joseph O'Neil.
 
1.971 -
Os modelos "Aero Willys" e "Itamaraty", da antiga Willys-Overland,  continuavam à ser fabricados pela Ford, mas perdiam espaço rapidamente devido à concorrência. No intuito de criar um novo modelo à altura dos concorrentes, a Ford,  através de pesquisas,  chegou à conclusão que a
melhor alternativa era o "Maverick",  veículo já fabricado nos E.UA. desde 1.969.
 
1.973 -
  
  
Sai da linha de montagem o primeiro Ford Maverick Brasileiro.  Equipado com motor Willys de 6 cilindros ou com o moderno V8-302,  5 L de 197 hp,  importado, o mesmo utilizado no Mustang.
 
 
1.974 -
Inauguradas as novas "Fundição e Fábrica de Motores" da unidade fabril de Taubaté-SP.
• Novo motor de 4 cc e 2,3 Lts produzido em Taubaté, passa a equipar o Maverick, em substituição
   ao motor de 6 cc.
 
1.975 - A Ford exporta cerca de 225.000 motores para a Alemanha,  Inglaterra,  Canadá e Argentina.
 
1.976 -
Inaugurada em S.B. do Campo - SP  a nova fábrica de tratores Ford.
A Ford produz o milionésimo Ford Brasileiro.
 
  
  
1.978 -
  
  
Introduzido o Corcel II, baseado na plataforma do Corcel,  porém modernizada. Este veículo estabeleceu recordes de venda na Ford do Brasil.  
 
Inaugurado o Campo de Provas na cidade de Tatuí-SP.
 
1.979 -
Após mais de 108.000 unidades produzidas, sai de linha o Maverick, e a Ford anuncia a produção
de veículos à alcool e tem-se o início da fabricação da Pick-Up F-1000 com motor à diesel.
  
1.980 -
  
  
Apresentada a Pick-Up  Pampa  ( modelo 81 ) baseada na plataforma
do Corcel II. 
 
Produzido o milionésimo Corcel.
 
  
1.981-
  
Criado o "Del Rey" ( como modelo para 1.982 ), baseado na plataforma do Corcel II,  com  requintes e sofisticação inéditos em carros médios. Foi o pioneiro em vidros e  travas  elétricas.
 
 
1.983 -
Em Janeiro  interrompia-se a linha do Landau,  último remanescente da linha Galaxie. Foi o último automóvel com motor V8 feito no Brasil.
 
 
  
Ainda neste ano, é lançado (como modelo 1.984) o "Escort", carro mundial da Ford, com  motor de 4 cc, 1,6 L  CHT.  Era o 1º carro da Ford com motor transversal. Foi considerado o melhor motor à alcool do país. O Escort era exportado para a Finlândia.
  
1.985 -
  
  
  
Surge a moderníssima linha de caminhões com cabine basculável "Cargo", que foi exportado até para os E.U.A (  Eram fabricados na unidade do Ipiranga. ) 
  
  
  
  
  
• Nesse ano é apresentada também a versão do Escort conversível.  
 
1.986 - Criada a Autolatina, joint-venture com a Volkswagen do Brasil.
  
1.989 -  O motor 1,8 L da Volkswagen passou a equipar as linhas "Escort" e "Del Rey".
 
1.990 -
  
  
A Ford lança o "Verona",  modelo de 3 volumes derivado
do Escort,  era o primeiro carro da cooperação Ford-Volkswagen.
 
 
1.991 -
  
  
  
Criado o "Versailles"  para o seguimento de carros de luxo, com transmissão automática opcional.
 
  
     
  
• A Ford atinge a produção de 4.000.000 de carros brasileiros.
   
1.992 - Ressurge o Escort com nova linha,  injeção eletrônica,  catalizador e 5 marchas à frente. (Alcool ou
gasolina).
  
1.993 -
  
  
Lançamento do Escort Hobby 1.0.  
  
1.994 -
A Ford começa a importação do  "Ford Taurus" americano e do "Mondeo" europeu, para  o
seguimento de alto luxo.
  
 
1.995 -
  
  
Inicia-se a importação da pick-up média americana "Ford Ranger" , inaugurando assim o disputado mercado das pick-ups.  
 
    
Dissolve-se  a Autolatina.   
 
É lançado o caminhão "Cargo C-4030". 
 
1.996 -
  
  
  
  
A fábrica de S.B. do Campo foi totalmente reprojetada e deu inicío à produção do Ford Fiesta nacional.
 
  
  
  
 
A fábrica de motores e transmissões de Taubaté é reinaugurada  para suprir a produção do Fiesta.
 
Começa a produção do caminhão "Cargo 814". 
 
  
1.997 -
Lançado o Ford Ka,  1º carro da linha New Edge.
  
  
   
  
  
  
  
 Da-se início à produção da pick-up  Courier,  derivada do Fiesta. 
     
  
  
  
 
O Escort importado da Argentina começa a ser comercializado com nova motorização.
 
1.998 - Sai a nova linha Série-F de caminhões e pick-ups.
 
 
 
1.999 -
 
 
• Criado o motor Zetec RoCam utilizado no Fiesta, Ka e Courier modelo 2000.  
 
 
 
Lançada a  F-350,  o F-16000 e a  F-250.
 
2.000 -
 
 
 
Surge o "Ford Focus" , lançamento que revolucionou a imagem e o design da marca. O  Focus assume a produção de um dos carros mais premiados no Brasil e no mundo. 
 
2.001 -
Iniciam-se as operações do Complexo Industrial Ford Nordeste,  em Camaçari-BA.  Esta nova unidade da Ford tem capacidade para produzir 250 mil veículos por ano. 
 
Também foram lançados o Fiesta Street Sedan, 3ª geração
do modelo, e o novo Ford  Ka Freshining,  um carro compacto que se distingue por sua dirigibilidade, design externo e
equilíbrio de detalhes. As diversas modificações do modelo, fizeram dele uma ótima opção para quem busca beleza, performance e economia, c/ motores Zetec RoCam 1.0 e 1.6
  
2.002 -
A Ford inova com o motor Power Stroke 2.8 L Turbo Diesel com TGV, para melhorar  o
desempenho das pick-ups Ford  Ranger.  Foram ainda introduzidos nova transmissão, embreagem auto-ajustável, suspensão recalibrada e eixo traseiro com diferencial antiderrapante.

 
 
 
Em Junho, chega ao público o novo Ford Fiesta, totalmente remodelado. 
 
2.003 -
 
• A Ford completa 85 anos no Brasil. 
 
 
A Ford investe no seguimento das "Suvs" ( veículo utilitário esportivo ) no Brasil e lança o "Ecosport"  com motores  1.0 8V,  1.6 8V,  2.0 16V.  
    
O Focus tem sua linha renovada.
Surge a Ford F-250 cabine dupla p/até 6  passageiros, com motor MWM Turbo Diesel com 
intercooler, 6 cc, 4,2 Litros e 180 HP.
A "Ford Ranger Storm" , nova versão especial, passa a vir com motor Power Stroke Turbo  Diesel,
tração 4X4 e cabine dupla.
  
2.004 -
Lançada o "Ecosport 4 WD" - com mais força e segurança. Vem com sistema de tração Control
Trac II,  com módulos automáticos e bloqueado e  freios  ABS.
O Ford Fiesta é lançado na versão Flex,  com injeção eletrônica de última geração.  O Fiesta surge
na versão Sedan, com mais vantagens em termos de estilo, espaço e conforto.
                                                     
 
 
 
 
• Chega ao Brasil o "Ford Explorer", o utilitário esportivo lider de vendas no mundo, equipado com motor à gasolina V6 - 4.0 L, com 213 HP,  transmissão automática e tração inteligente nas 4 rodas.
 

Voltar para página inicial  
 
 
Fonte: www.ford.com
 
Tecnologia Site Inteligente Home : Contato : Mapa do Site