Bonnie & Clyde e seu Ford - V8

Clyde Champion Barrow e sua companheira Bonnie Parker, foram mortos por policiais em uma emboscada na Cidade de Bienville Parish no Estado de Louisiania em 23 de maio de 1934, após uma das maiores “caçada humanas” que os Estados Unidos já tinham visto.

Clyde era suspeito de incontáveis mortes e era procurado por:  assassinato, roubo e seqüestro. Conheceram-se no Texas em 1930, onde suas carreiras criminais tiveram início.

 

Clyde roubou muitos carros Ford V8, os quais considerava imbatíveis durante suas fugas da polícia.  Em 10 de Abril de 1934 chegou a  escrever uma carta a Henry Ford , parabenizando-o pela eficiência do Ford V8.
 

 
  

As longas fichas criminais  da dupla foram interrompidas por uma emboscada bem planejada, levada a cabo pelo FBI e policiais do Estado de Louisiania, em 23/5/1934, quando fora recebidos por uma  chuva de balas ao passarem pelo cerco policial.

 

Bonnie foi atingida 23 vezes e Clyde recebeu 25 balaços, morrendo ambos na hora e dentro de seu Ford V8 1934, roubado é claro.   O carro foi atingido por 167 balas de diversos calibres.

 

Este Ford V8 havia sido roubado na Cidade de Topeka, Estado do Kansas e pertencia a Jesse Warrens.  Após as mortes de Bonnie e Clyde, o carro foi devolvido aos  “Warrens”,  que o venderam por U$ 3.000,00  sem consertá-lo.  O carro foi exibido em muitas feiras, shows e até carnavais,  quando finalmente foi comprado por U$ 250.000,00 pelo “ Primm Valley Resort and Casino” – um Hotel Cassino em Nevada – USA, onde esta até hoje em exibição pública, protegido por vidros de plexiglass.



Clique na Imagem para ampliar!

 
            

 

 
 

 

 

 

 

 

 
 
Tecnologia Site Inteligente Home : Contato : Mapa do Site